Rodas Perfeitas

As Campeãs brasileiras do tênis em cadeira de rodas, querem conquistar mais títulos mundiais e precisam do seu apoio para conseguirem comprar o equipamento perfeito

Sobre a ideia

"O esporte não leva em conta etnia, religião, ideologia. O importante é a capacidade do homem em superar seus próprios limites, tornando a vida um precioso significado."

 

 

Natália Mayara: 1a colocada no ranking Brasileiro e 20a no Ranking Mundial; Já participou de 1 Paralimpiada , 2 ParaPanamericanos e 4 mundiais. Acaba de conquistar dois títulos o de simples e de duplas feminino na Copa Brasil de Tênis para cadeirantes no Clube Pinheiros em 28 de Agosto.

Nasceu em 1994, em Recife. Quando tinha 2 anos e 6 meses de idade, sofreu um grave acidente, foi atropelada por um ônibus que perdeu o controle e subiu à calçada. O motorista tentou fugir,  arrastando ela por alguns metros e passando por cima das pernas dela

Chegou ao hospital com 2% de chance de vida – com traumatismo craniano, vários hematomas, e sem chances de recuperar suas pernas. Passou por várias cirurgias e, graças a Deus, conseguiu se recuperar. 
Com 8 anos de idade foi morar em Brasília, onde realizava a maior parte dos meus tratamentos. 

Sempre se interessei por esportes, experimentando várias modalidades. Aos 12 anos de idade, comeceu a jogar tênis. Seu técnico, Wanderson Cavalcante, sempre apostou nela e após muito esforço obtiveram grandes resultados nesses últimos anos.

Hoje, ela não consegue se imaginar longe das quadras. Seu objetivo é estar entre as melhores do mundo, representando o Brasil e dando alegrias aos meus pais, amigos e apoiadores.


Rejane, 39 anos, 2a no Ranking Brasileiro e 35a no Ranking Mundial. Com dois meses de vida contraiu poliomielite e ficou paraplégica. Depois de superar vários obstáculos decidiu aos 17 anos sair de casa e buscar sua independência física e financeira. Conheceu o esporte e foi o tênis em cadeira de rodas que a fez sentir uma pessoa como outra qualquer, capaz de sonhar e conquistar seus objetivos. Rejane foi a primeira mulher a representar o Brasil em competições internacionais.  Já participou de 4 ParaPanamericanos ( medalha de prata em 2007), 5 mundiais e 1 Sul Americano.
Vai participar pela primeira vez em uma Paralímpiadas no Rio de Janeiro

No ano passado as duas conquistaram juntas a medalha de ouro em duplas nos jogos paralímpicos de Toronto e Natália ganhou a modalidade individual.

 

O Objetivo deste Pote :

Proporcionar a cada uma dessas  guerreiras um material de qualidade internacional ( Cadeira de Rodas) para que elas possam continuar competindo em torneios e acreditando que tudo é possível! O valor de cada cadeira é de 3.207,00 Libras por serem vendidas somente na Inglaterra. 

As atletas não contam com nenhum apoio financeiro do governo. 

 



 
Pronto! Com várias pessoas colaborando com pequenas quantias o Pote das meninas enche e elas conseguem realizar seus sonhos de comprar a cadeira de rodas perfeita para elas treinarem! 

 

Contato:

https://www.facebook.com/rejanetenista

https://www.facebook.com/nataliatenis

 

Tenis
Tenis2
13529107_1198819766795778_2632289328768372950_n
Img_6784
Img_6786
Img_6787
Image
Image
Image
Img_9573